Melhorar eu e meu cavalo e perder o medo de errar a pista

Primeiro, tirou eu e meu cavalo da acomodação, não sou exatamente um futuro atleta, mas sim um praticante por prazer, com isso foi possível ver que meu cavalo necessitava de mais atenção para poder “competir” e eu tinha que melhorar “muito” minha postura.

Outro aspecto foi que com a continuidade de pistas, passei a me sentir mais seguro, lembro que sempre que ia para uma prova, e ir para uma prova tem custos, minha maior preocupação era não errar, agora fazendo uma pista com frequência, perdi esse medo.

Fico sempre esperando a próxima.

Marco
Hípica Haras Funchal